Um milagre esquecido

A COLUNA DE RAFAEL HOLANDA

Entre as muralhas de hospitais que muitos chamam de cemitério médico eu encontrei confissões fantásticas que superam em muito as orações ditas no vão de uma igreja. Pelos corredores pude evidenciar abraços francos e sinceros, lágrimas de despedidas que batem as evidenciadas nos salões de festas ou aeroportos.

Nas enfermarias um truculento nazista sendo atendido por um médico negro que expõe sua aprendizagem visando salvar ou acalentar uma dor. Em outra ala um homofóbico com sua dispneia angustiante recebe de um enfermeiro gay as nebulizações necessárias para seu restabelecimento.

No centro cirúrgico um palestino especialista em cirurgia luta com toda sua força visando salvar um judeu que foi agredido por arma. Na fila de transplante um rico empresário se apronta para receber um fígado doado por um morador de rua, vitima de atropelamento.

Em outra sala uma senhora com cheiro embriagador de perfume Frances e abafado pelo cheiro da ureia, aguarda sua vez para receber um rim doado por sua ex-empregada demitida e acusada por furto.

Tudo isto mostra que a vida é uma sucessão de milagres, onde as mãos entrelaçadas são capazes de trazer para vida, uma vida perdida. Não esbanje seu tempo de mesquinharias, não procure guardar o que não pode levar, pois o verdadeiro homem é o espírito que sobe de acordo com seus atos e ações.

Não procure buscar tempestade, onde existe a paz, não perca seu sono com coisas que podem ser descartados, o patrimônio esquecido muitas das vezes se transforma em espinhos, gerando brigas entre os que antes se abraçavam.

Abrace a todos procure compreender lágrimas que se escoam ao seu lado e molham os seus pés, para que amanhã os sofridos estejam juntos nas eventuais dificuldades.

Viva a esperança do amanhecer entregue ao próximo os primeiros raios do sol para que a estrada da vida seja clara e dividida por muitos. Compreendam que sonhos devem ser repartidos, abraços nunca esquecidos, palavras de carinhos não omitidas, para que a canção da vida, mesmo da pessoa que partiu seja continuada na vida de outras vidas. 

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *