Patrício de Barros, o Barrinho


PATRICIO-DE-BARROS

Francisco Patrício de Barros nasceu em Fortaleza, capital do Ceará, no ano de 1912. Estudou no Colégio Caixeral localizado na mesma cidade. O Colégio oferecia cursos profissionalizantes e as aulas eram à noite sob luz de candeeiro. Mesmo com muitas dificuldades, Francisco Patrício conseguiu concluir o curso técnico em Contabilidade.

Em 1928 aproximadamente, mudou-se para a cidade de Cajazeiras no estado da Paraíba após receber uma proposta para trabalhar como contabilista na empresa de Jota Matos. Ao chegar a Cajazeiras conheceu Maria Estelina Cesário (doméstica na casa do empresário Jota Matos) por quem se apaixonou, casou e com ela teve sete filhos.

Certo dia o cambista Floriano (conhecido como Fon) insistentemente conseguiu vender um bilhete da loteria a Francisco Patrício. Esse dia mudou para sempre a vida do mesmo, pois, por muita sorte ele foi a primeira pessoa da cidade a ser sorteado com o prêmio maior da Loteria Federal. Após esse acontecimento a vida simples e pacata de Barrinho, como ficou conhecido, passou a ser regada de muitos investimentos na cidade paraibana.

Barrinho conseguiu construir sua casa na rua Desembargador Boto (onde hoje se encontra o CAPS de Cajazeiras), foi tesoureiro da prefeitura, professor do Colégio Comercial, foi chefe venerável da Loja Maçônica de Cajazeiras e o grande doador de terras para a construção do Seminário da cidade.

Após mudar-se de Fortaleza, Patrício de Barros viveu toda a sua vida em Cajazeiras, onde faleceu no dia 08 de maio de 1957 em decorrência de problema cardíaco.

No ano de 2005 o pesquisador cajazeirense Dr. Deusdedit Leitão escreveu um livro intitulado “Ruas de Cajazeiras” onde discorre sobre a história de cada personagem que dá nome as ruas da cidade, incluindo a história de Patrício de Barros.

Da união com Maria Estelina sua primeira e única esposa, Francisco Patrício de Barros deixou sete filhos: Francisco Patrício de Barros Filho, Hélio Patrício de Barros, Itamar Patrício de Barros, Itamaru Patrício de Barros, Iara Patrício de Barros, Maria de Lourdes Patrício de Barros e Iraci Patrício de Barros. Com exceção de Francisco Patrício de Barros Filho e Hélio Patrício de Barros, todos os cinco filhos ainda continuam vivos e a maioria reside atualmente em Cajazeiras. Deixou também muitos netos: Tatiana, Magdala, Diana, Iatagan, Patrício Neto (Filhos de Francisco Patrício de Barros Filho), Lúcia, Lucivenus, Luciene, Lucielda, Lucieldo, Patrício e Patrícia ( Filhos de Hélio Patrício de Barros), Hélio, Itamar Filho, Albano, Iatagan Patrício, Mano (Filhos de Itamar Patrício de Barros), Uramati, Itagiana, Marta, Inaliana, Nargeliana e Meire (Filhos de Itamaru Patrício de Barros), Ana Cristina e Josiara (Filhos de Iara Patrício de Barros), Ana Paula, Zoraide, Franks, Takiano e Patrícia (Filhos de Maria de Lourdes Patrício de Barros), Iraci Patrício de Barros não tem filhos.

Francisco Patrício de Barros foi para Cajazeiras personagem ilustre, porém sua história ainda é desconhecida por muitos. Mas incansavelmente os seus filhos, netos e bisnetos narram a sua trajetória, pois mesmo com o passar dos longos anos ainda carregam na memória a lembrança brilhante e viva do grande Barrinho!

POR THAYS BARROS DE SOUSA, BISNETA DE PATRÍCIO DE BARROS

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *