Novas e velhas promessas marcam debate entre os candidatos a governador da PB em Cajazeiras


COISAS DE CAJAZEIRAS
OS CINCO CANDIDATOS A GOVERNADOR DA PARAÍBA ESTIVERAM PRESENTES / FOTO: CHRISTIANO MOURA

O Sistema de Comunicação Diário, que abriga, entre outros, o portal e a TV Diário do Sertão, realizou, na noite desta segunda-feira (24), em parceria com a OAB Cajazeiras, um debate entre os cinco candidatos ao Governo da Paraíba. Dividido em quatro blocos mais as considerações finais, o debate começou com as apresentações do candidato José Maranhão (MDB), seguido por Rama Dantas (PSTU), Tárcio Teixeira (PSOL), João Azevedo (PSB) e Lucélio Cartaxo (PV).

TRANSPARÊNCIA E DESENVOLVIMENTO Já em sua fala inicial, Maranhão demonstrou os compromissos que irá cumprir quando estiver, mais uma vez, no Palácio da Redenção: além da missão de reativar a economia do estado, especialmente em Cajazeiras, serão construídas novas barragens e feitas melhoria do aeródromo da cidade, estão entre elas.

Maranhão deu destaque à importância de fazer um governo humanizado e próximo ao cidadão, que trabalhe de forma transparente: “Transparência Pública é atitude necessária para qualquer administração. É através dela que a população pode acompanhar efetivamente o que vem sendo feito. Há poucos dias foi preciso uma ação judicial para que a Paraíba conhecesse uma lista de codificados no Governo do Estado. Existem dois cupins que corroem o aparelho público: um é a incompetência e o outro é a falta de cumprimento das normas de austeridade e transparência. Para que haja uma fiscalização efetiva é preciso que a sociedade tenha acesso à informação. Da mesma forma que uma empresa privada se preocupa com a  qualidade das construções que faz, as gestões tem que ter esse zelo com a questão pública.”

Dado o grau de calamidade em que se encontra, segurança é um tema de importância em todos os detalhes. Segundo Zé, “para se ter tranquilidade é preciso ter um efetivo que acompanhe o crescimento da população, a polícia precisa ser estimulada. Como é que um policial que na hora da aposentadoria vai perder metade da sua remuneração vai se sentir estimulado a trabalhar plenamente para garantir a segurança da população?. É preciso modernizar a polícia. Usar novos equipamentos e investir na qualificação e na polícia investigativa”.

SAÚDE JÁ O candidato João Azevêdo destacou os R$ 107 milhões investidos no município sertanejo pela gestão do governador Ricardo Coutinho nos últimos sete anos e nove meses. “Isso mostra o olhar atento e de cuidado que o Governo tem com todas as regiões do estado. Sou representante de um projeto que mudou a história política e administrativa da Paraíba nesses últimos anos. Mudou para melhor, com certeza. Muita coisa evoluiu sob o comando de Ricardo Coutinho, que fez mudanças importantes. Estamos como candidato a governador, para fazer mais do que foi feito até agora”, pontuou João, ao explanar sobre os investimentos no município e região.

O socialista ressaltou ainda que foram investidos R$ 1,5 bilhão em mobilidade urbana da Paraíba. No quesito estradas, ele garantiu a urbanização do Açude Grande, a qual classificou como “complemento dessa grande obra de mobilidade aqui para Cajazeiras”.

Na seara da saúde, João destacou o programa ‘Saúde Já’, que levará urgência e emergência para as noves regiões do estado. “A Saúde precisa, depois dos 14 novos hospitais que foram abertos por essa gestão, da implantação de uma grande rede de urgência e emergência. Para que cada região tenha agregação à saúde, com urgência clínica, pediátrica, traumatológica e obstetrícia”, explicou.

No tocante a Segurança, o candidato socialista traçou um relato do que a gestão do PSB encontrou ao chegar no Governo. “Antes de 2011, o que víamos era uma Polícia que não tinha sequer armamento, que não tinha proteção individual, que não tinha viatura com gasolina. Essa é a realidade da segurança que nós encontramos”, lembrou; antes de completar: “Investimos R$ 228 milhões só em infraestrutura [da segurança]”.

“Segurança se faz com homens bem treinados e, acima de tudo, com investimento em inteligência e tecnologia. Vamos convocar os outros 500 aprovados no concurso da PM, construir nas grandes cidades centros de monitoramento e controle, implantar mais quatro batalhões de polícia no estado”, comentou sobre suas propostas para segurança pública.

PARQUE DO AÇUDE GRANDE Lucélio Cartaxo, candidato ao Governo do Estado pela coligação Força da Esperança, defendeu políticas públicas que melhorem a vida dos sertanejos e garantiu investimentos que resolvam o problema da insegurança pública, hoje maior demanda da população tanto das cidades quanto da zona rural.

“Se a insegurança chegou onde chegou, é porque faltou ações do poder público. Um candidato passou dez anos e não resolveu. Outro, representa um governo que está aí há oito anos, mas ao invés de resolver, diz que está tudo bem. Se a gente não admite que existe um problema, não temos como resolvê-lo. A segurança nas divisas foi abandonada. O estado está de portas abertas. Vamos criar a Operação Caminho Seguro, unindo tecnologia com mais policiamento para evitar que o crime organizado entre no nosso estado”, disse.

O candidato do PV disse que a segurança é também resultado de ações preventivas, com mais investimentos no esporte e no lazer. “Cajazeiras terá o Parque do Açude Grande, com academias da saúde, anfiteatro, pista de cooper e ciclovias”, disse. Cartaxo disse ainda que vai modernizar os hospitais regionais, aumentar o número de UTIs Neonatal na região e construir o Hospital de Trauma do Sertão. Queremos virar essa página, porque entendemos que para crescer e gerar oportunidades, o Estado tem que garantir saúde e mais tranquilidade para a população”, disse.

CONSIDERAÇÕES FINAIS No último bloco do debate, foram feitas as considerações finais iniciadas por Zé Maranhão, que agradeceu ao Diário do Sertão pela promoção do debate e as lideranças políticas que o apoiam na região.

Rama disse que a política é uma disputa entre “pinóquios” e convocou o povo para uma “rebelião”. Tárcio disse que é hora de enfrentar privilégios para construir uma nova Paraíba e disse que os outros candidatos fazem de conta de ser oposição, pois no segundo turno estarão juntos.

João Azevedo criticou os ex-governadores e rebateu a informação de fechamento de escolas, assegurando apoio a Fernando Haddad na Paraíba.

Lucélio relembrou sua trajetória de sertanejo, tendo que deixar sua Terra natal em busca de novos horizontes, destacou a gestão do irmão em João Pessoa, atacou o atual Governo sobre a “reprovação” no IDEB e pediu uma oportunidade aos sertanejos para melhorar a vida de todos.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *