Ministério da Saúde dá 48h para médica cubana retornar ao trabalho


MEDICA-CUBANA-TRIUNFO

O Ministério da Saúde, através da assessoria de imprensa, informou ao Portal Correio na tarde desta quarta-feira (2) que a médica cubana ligada ao programa Mais Médicos, Ana Olga Del Arco Perez, que abandonou o trabalho está sendo notificada a voltar ao posto ou justificar a ausência num prazo de 48 horas.

Caso a médica não responda à notificação, ela será automaticamente desligada do programa e terá o registro para exercer a profissão suspenso. A alergologista é a primeira profissional contratada pelo Mais Médicos na Paraíba a abandonar o programa.

A representante da Secretaria de Saúde do Estado, no Programa Mais Médicos da Paraíba, Talita Lira, informou que na Paraíba são 260 médicos que fazem parte do programa. Do total, 147 são cubanos, 104 são brasileiros e ainda tem um argentino, um uruguaio, três espanhóis, três brasileiros formados em Cuba e ainda um português.

“Esse foi o primeiro caso de abandono que tivemos no estado e nosso procedimento foi o de apenas comunicar o que estava ocorrendo ao Ministério da Saúde e assim o fizemos”, disse Talita.

A alergologista Ana Olga Perez vem faltando ao trabalho na Unidade Básica de Saúde José Bernardino Batista, em Triunfo, desde o feriado de Corpus Chisti, dia 18 de junho. Ela teria pedido à Secretaria de Saúde de Triunfo, município do Sertão a 590 quilômetros da Capital, para viajar a João Pessoa para encontrar amigos e  depois  do feriadão não retornou mais.

A secretária do município de Triunfo, Kennaline Andrade, contou que não viu problemas em liberar a médica porque ela já havia feito pedido igual durante o feriado de carnaval e teria voltado ao trabalho normalmente.

Como após todos esses dias, a médica não retornou ao posto de trabalho, a secretária de Saúde de Triunfo comunicou o que estava ocorrendo à Secretaria de Saúde do Estado.

PORTAL CORREIO

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *