Jeová defende que recursos de empréstimo sejam direcionados aos agricultores do Sertão


O anúncio, essa semana, da assinatura de um contrato de empréstimo com Banco Mundial, no valor de US$ 50 milhões, que serão destinados ao Projeto Paraíba Rural Sustentável, executado pelo Projeto Cooperar, para beneficiar agricultura familiar, recebeu elogios do deputado estadual Jeová Campos (PSB). O parlamentar, autor da propositura que criou a Frente Parlamentar da Água e da Agricultura Familiar na ALPB, disse que o governador João Azevedo está de parabéns e lembrou que essa luta foi iniciada pelo ex-governador Ricardo Coutinho.

“A assinatura deste contrato, que garantirá investimentos na agricultura familiar, é um avanço e tanto e é de extrema importância para a Paraíba”, disse o parlamentar. Para Jeová, no entanto, o governo deve destinar os recursos para a agricultura familiar, sob a coordenação da Secretaria de Agricultura Familiar que é, segundo o deputado, o espaço mais apropriado para elaboração de políticas públicas para o setor.

Ainda de acordo com o parlamentar, esses recursos do Cooperar precisam ser direcionados, de forma prioritária, para os agricultores excluídos, por anos e mais anos, especialmente, os do semiárido que ficaram fora do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola – FIDA, que atendeu o Curimataú, a região do Cariri, mas, não atingiu o sertão, nem o semiárido. “Com esse novo empréstimo, é preciso que o governo faça políticas compensatórias e tenha, assim, um olhar atento para os agricultores destas regiões”, finalizou o parlamentar.

Segundo divulgação do Governo da Paraíba o empréstimo beneficiará mais de 117 mil famílias paraibanas que trabalham com a agricultura familiar. Serão quase R$ 300 milhões que serão utilizados na base da economia, para fortalecer o homem do campo, para fortalecer essa microeconomia que gera tantos empregos e, acima de tudo, a agricultura familiar. Durante os próximos seis anos, haverá desembolso de U$ 9 milhões por ano em projetos que vão desde abastecimento d’água a dessalinizadores, a arranjos produtivos locais, gerando renda e emprego para muita gente. No dia 19 de março, no Teatro Paulo Pontes, do Espaço Cultural, o governo fará o lançamento do Projeto Paraíba Rural Sustentável.

NEWS COMUNICAÇÃO

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *