Jeová cobra rotatória que pode evitar acidentes com vítimas fatais na entrada de Cajazeiras


jeova-rota-dnit_640x299

“Na noite desta terça-feira (12), mais uma pessoa perdeu a vida em função de um acidente na entrada de Cajazeiras e até quando vamos esperar a próxima morte para que o DNIT faça uma rotatória no entorno da entrada da cidade, na BR 230”, questionou o deputado estadual Jeová Campos, na manhã desta quarta-feira (13), da tribuna da ALPB.

Segundo o parlamentar, desde o ano passado que ele cobra providências do DNIT, no sentido de construir uma rotatória para dar maior segurança aos condutores de veículos naquela localidade. O ofício datado de 23 de fevereiro de 2015 solicitava ao DNIT providências no sentido de determinar a construção de giradouros na BR 230, mais especificamente nas duas entradas da cidade de Cajazeiras, sendo uma próxima ao Estádio Perpetão e outra nas proximidades do Posto Fiscal Nilson Lopes, em razão dos constantes acidentes ocorridos nestas duas localidades com vítima fatais.

Jeová lembrou que intervenção semelhante foi feita nas proximidades de uma revenda de automóvel e com isso foi reduzido os acidentes naquela localidade. “É uma obra simples, de baixo custo e que tem uma importância muito grande para a segurança das pessoas”, afirma o deputado que solicitou ainda do DNIT a instalação de uma lombada eletrônica na BR 230 nas proximidades da Faculdade Santa Maria, em face do grande fluxo de veículos que transitam naquela localidade, a baixa visibilidade do local, o que torna a via insegura.

No mesmo ofício, o deputado solicitou a construção de um giradouro na BR 230, mais especificamente no entroncamento com a rodovia estadual PB 420, que dá acesso à cidade de Cachoeira dos Índios, a fim de melhorar a segurança dos motoristas e usuários da rodovia.

NEWS COMUNICAÇÃO

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *