Instituto Cidades entra com ação na Justiça para realizar concurso da Prefeitura


Dois advogados representantes do Instituto Cidades estiveram em Cajazeiras, com a finalidade de entrar com uma ação na justiça objetivando garantir que a empresa continue sendo a responsável pela realização do concurso público da Prefeitura Municipal de Cajazeiras.

O concurso foi anulado, por meio de decreto e a administração acionou a justiça para que o Instituto informasse o número de inscrições e o valor arrecadado. O objetivo da Prefeitura era acionar o instituto para devolução do valor das inscrições, aos candidatos. Segundo informações, o Instituto não pretende devolver os recursos aos candidatos inscritos, como garante a administração municipal.

No final do ano passado, o Tribunal de Justiça deu um prazo para que a Prefeitura de Cajazeiras exonerasse todos os contratados, após julgar ação do Ministério Público Estadual, decisão que ainda não foi cumprida na sua integralidade pela administração municipal.

A Prefeitura de Cajazeiras ofereceu no concurso 297 vagas e um Cadastro de Reserva de 1.091 vagas. O concurso registrou 16.082 inscrições e uma arrecadação de valor de valor de R$ 383.901,12. O maior número de vagas era para médicos, enfermeiros, professor, auxiliar de serviços gerais e gari.

Com reportagem do Diário do Sertão e informações do Gazeta do Alto Piranhas

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *