HUJB informatiza o apoio diagnóstico com implantação de nova ferramenta


O Hospital Universitário Júlio Bandeira (HUJB, vinculado à Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e à Rede Ebserh, implantou o módulo “Exames” do Aplicativo de Gestão para Hospitais Universitários (AGHU). As etapas necessárias para a implantação foram desenvolvidas em parceria com o Setor de Gestão de Processos e Tecnologia da Informação (SGPTI) do Hospital Universitário da Universidade Federal do Vale do São Francisco (HU-Univasf), também vinculados à Rede Ebserh.

O módulo “Exames” do AGHU é um conjunto organizado de elementos criados para consolidação dos registros, das etapas de todo processo de apoio ao diagnóstico e ao tratamento dos usuários. Os processos implantados resultam em agilidade para a liberação dos resultados, segurança das informações, qualidade e rastreabilidade das informações para os profissionais da assistência.

O módulo é considerado um dos mais complexos do AGHU por envolver uma diversidade de profissionais. Foram dois meses de atividades desde o início da implantação até o módulo entrar em produção. As atividades foram divididas em diversas etapas: diagnóstico (fluxos e mapeamento de processos), pré-implantação (carga de dados, mapeamento de perfis de usuários, cadastros), treinamento e simulações.

Segundo a gerente de Atenção à Saúde do HUJB, Edineide Nunes, “a implantação trouxe ganhos exponenciais para o hospital, uma vez que o módulo permite consolidar de forma sistemática os registros de todo processo de apoio ao diagnóstico, imprescindível para a garantia de uma assistência integral e de qualidade”. O módulo favoreceu também o maior controle administrativo relacionado ao apoio diagnóstico da unidade hospitalar.

O SGPTI do HUJB foi responsável pela implantação de nove módulos na unidade: pacientes, internação, ambulatório, prescrição médica, multiprofissional, farmácia, estoque, cirurgias e, por último, exames. De acordo com o chefe do SGPTI, David Lopes, o AGHU tem sido uma importante ferramenta para tomada de decisões e monitoramento da eficiência dos processos hospitalares. “Estamos explorando diversos modelos de implantação dos módulos do AGHU com baixo custo, com foco na participação ativa e no treinamento dos colaboradores, com objetivo de fortalecer os processos assistenciais”, disse Lopes.

COM INFORMAÇÕES DO HUJB

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *