O sabiá morto de saudade?

Read More

Padre Moreira, que padre Moreira?

Read More

De Cajazeiras a Mauriti

Read More

A voz das ruas é plural. Ela nos chega em diferentes tons. Uns cantam com afinação, outros nem tanto, esbravejam, gritam, berram feito cabrito desmamado ou urram em jeito de vaca. As vozes das ruas são mais variadas do que o verde, o amarelo, o azul, o branco, o preto e todas as cores pintadas …

0 211

Ele organizou-se na varanda do meu apartamento com pedaços de madeira, cavalete, serrote, martelo, lixa, cola e tudo o mais que marceneiro usa. Da sala de estudo, onde costumo passar boa parte do dia (e da noite também), eu o surpreendia, vez por outra, olhando para mim com o rabo do olho. Aí ele tirava …

0 461

Encerro com este artigo a série que programei escrever sobre o mais grave e sangrento episódio da história política de Cajazeiras. Encerro, não por ter esgotado o tema, mas porque eu mesmo ando cansado de falar dele. Imagine o leitor! Deve estar tiririca com essas coisas do arco da velha, desenterradas a conta-gotas de surrados …

0 299

O papa Francisco é um arretado. Sem estardalhaço (não beija o solo quando visita outras terras), usa a mídia com parcimônia para lançar ideias novas ou manifestar-se em torno de assuntos tabus. Tabus para um papa, bem entendido. E mais, aqui e acolá, puxa temas que mexem com estruturas consolidadas de crenças, usos e costumes …

0 216

Povoado de Santa Fé. Ainda hoje há quem faça confusão entre Santa Fé e a cidade de Bonito de Santa Fé. Volto ao assunto para atender, também, algumas mensagens de leitores desta série de artigos, pedindo mais informações a respeito daquele minúsculo pedaço do sertão do Piranhas. Santa Fé é hoje um lugarejo meio isolado …

0 254