A Filarmônica Santa Cecília

A memória das coisas de Cajazeiras

COISAS DE CAJAZEIRAS
FILARMÔNICA SANTA CECÍLIA / FOTO: ACERVO DE FRANCELINO SOARES

“Todo domingo, havia banda no coreto do jardim…”, rememora, em ritmo de marchinha carnavalesca, o professor Francelino Soares, de cujo acervo faz parte a fotografia da Filarmônica Santa Cecília, em meados dos anos 1980.

De acordo com o eminente professor, houve em Cajazeiras a Banda de Música São José, de propriedade da Diocese Episcopal, mantida pelo bispado, cujo primeiro maestro foi o Sr. Silva Maru.

A Banda Santa Cecília foi criada no governo do Coronel Joaquim Gonçalves de Matos Rolim (1935-1937). Foi aquele, inclusive, o seu primeiro maestro.

Tempos depois, o instrumental da banda foi renovado pelo prefeito Francisco Matias Rolim e inaugurado em 22 de agosto de 1982, já no governo de Epitácio Leite Rolim.

Doa maestros e músicos que passaram pela nossa Filarmônica, lembramos de: Esmerindo, João, Tonhé e Milton, estes da família Cabrinha, celeiro de bons e celebrados músicos; maestros Dedé, Rivaldo Santana, Valdomiro e outros mais recentes.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *