A Faisqueira do Gazeta

Coluna semanal do jornal Gazeta do Alto Piranhas

Audiência  O prefeito de Cajazeiras, médico José Aldemir, diz ter solicitado pessoalmente uma audiência com o governador João Azevedo, num encontro que teve com ele em Brasília. Passados 80 dias, o prefeito ainda não teve resposta. Seria interessante que fosse protocolado no Palácio da Redenção uma solicitação para este encontro, que com certeza interessa a todos os cajazeirenses, até porque não se pedirá empregos, mas obras e serviços para a cidade.

Outro olhar  Enquanto a administração pública comemora com foguetões a implantação da Zona Azul em algumas ruas da cidade, as oposições cravaram nas redes sociais, que o prefeito teria feito festa para “implantar mais um imposto aos cidadãos cajazeirenses”.

Uma nova visão  Quem circula pela Rua Padre Manoel Mariano tem comentado que ela ficou mais bonita, e parece ter ficado até mais larga, depois da retirada das mercadorias das calçadas e dos leitos da rua depois da implantação da Zona Azul.

Esperança  A população de Cajazeiras tem a esperança que uma voz de oposição na Assembléia da Paraíba, via Dra. Paula Meireles, tenha o mesmo efeito do tempo em que o deputado Bosco Barreto, que era a da oposição, fazia cobranças de obras e serviços e o governador Ivan Bichara mandava resolver.

Esperança  Espera-se também, a exemplo dos outros deputados da terra, que em muitas ocasiões se aliaram a Bosco Barreto, o façam também Jeová Campos e Júnior Araújo, e não fiquem apenas rebatendo as cobranças e fazendo defesas só para agradar o Chefe do Palácio da Redenção.

Ovacionado  O ex-governador Ricardo Coutinho foi festivamente recebido, com apupos e aplausos, durante a solenidade de lançamento do Projeto Paraíba Rural Sustentável, no Espaço Cultural, em João Pessoa. O “Mago” imprimiu marcas que jamais se apagarão da memória do povo da Paraíba, em obras e serviços.

Toma lá, dá cá  O presidente Jair Bolsonaro, por melhores intenções que tenha, não vai conseguir realizar muita coisa com este Congresso que aí está. As chantagens são claras: todos, com raras exceções, só aprovarão as medidas necessárias para o País sair desta miséria se o governo liberar milhões de reais de suas emendas parlamentares. Uma vergonha.

Novo estilo  O presidente da Câmara Municipal de Cajazeiras, Delzim Albuquerque, durante as sessões solenes de entrega de titulo de cidadania só vem permitindo usar da palavra, o vereador que propôs a honraria e o homenageado. Antes era na banguela: falava quem queria e até mesmo os convidados. Neste rojão vai economizar até a conta de energia da Câmara.

E a CPI do IPAM?  Dois vereadores já desistiram de continuar na comissão parlamentar de inquérito que apura o “rombo” do instituto de previdência dos funcionários públicos municipais de Cajazeiras. O presidente da comissão, Rivelino Martins, está comendo brocha misturada com arame farpado para tocar o processo pra frente. Segundo um dos vereadores, que desistiu, disse que ia cair fora porque não ia perder tempo, pois sabia que não ia dá em nada.

Sem defesa  O líder do prefeito, na câmara de Cajazeiras, vereador Eriberto Maciel, tem ficado em maus lençóis na hora de defender a gestão do prefeito Zé Aldemir, porque na hora do pega, tem tentado se comunicar com os secretários e os mesmos não atendem. Eita Zé! Deste jeito fica difícil. Tem que puxar as orelhas deste povo.

Não constrói   Não fica bem e não constrói absolutamente nada uma fala do prefeito Zé Aldemir em que usa um termo que não deveria ser utilizado ao se referir a um deputado estadual de Cajazeiras, legitimamente eleito pela vontade soberana do povo da Paraíba. Menos Zé Aldemir, bem menos… Seria mais educado e elegante um debate em torno de idéias.

VIA GAZETA DO ALTO PIRANHAS

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *