A Faisqueira do Gazeta

Coluna semanal do jornal Gazeta do Alto Piranhas

VICIADOS EM APOSTAS Começam a circular notícias que os viciados em apostas estão se manifestando, desta vez em torno da eleição presidencial e a primeira delas: diferença pró Bolsonaro de 25 milhões de votos já foi casada entre um petista do “rabo fino” e um pesselista “doente”.

 BRIGA NA CAPITAL Dra. Paula em entrevista na capital do estado acusou seus adversários de que teria sido “bombardeada” com “noticias falsas” e por outro lado Júnior Araújo acusou que a máquina da prefeitura teria sido usada para elegê-la deputada estadual. Os dois eleitos foram a João Pessoa para o inicio das articulações da eleição do presidente da Assembléia e aproveitaram para se “bicarem”

BRIGA NA SITUAÇÃO Jeová Campos, reeleito deputado estadual, e o vereador Rivelino Martins andaram se estranhando nos “entendimentos” e disputas na distribuição dos cargos comissionados dos dirigentes das repartições públicas do estado. Cada um puxando brasa pra sua sardinha. O “racha”, por enquanto, está sendo em parte do grupo que apoiou Ricardo, imagine o tamanha da “confusão” quando Júnior Araújo começar a exigir a mesma coisa.

DISCORDÂNCIA Jeová Campos defende uma nova modalidade de gestão para o HRC de Cajazeiras, nos moldes do que Maranhão utilizou quando foi governador, com a participação da Universidade Federal. No primeiro governo de Ricardo tentaram implantar, mas ele foi enfático: “o estado tem condições de gerir seus hospitais”. Dificilmente o modelo atual vai ser mudado.

COM A FACA NO PESCOÇO O prefeito José Aldemir fez um  TAC (Termo de Ajuste de Conduta) com o Ministério Público para contratar sem  concurso funcionários para as áreas de saúde e serviço social por seis meses, renovado por mais seis, que depois de vencido encaminhou para a Câmara Municipal a solicitação para realizar concurso público e ao mesmo tempo pediu para recontratar por seis meses, renovável por mais seis, que deverá se vencer brevemente.

COM A FACA NO PESCOÇO Concluído os quatro períodos de contratações por seis meses a alternativa será a realização do concurso público, já aprovado pela câmara. O nó é se o concurso dê algum problema e tenha que ser adiado. O MP vai cair em cima feito urubu em carniça. As demissões vão causar enormes transtornos ao município.

DESISTIU O deputado Jeová Campos estava propenso a colocar o bloco nas ruas de Cajazeiras em defesa da candidatura do presidenciável Haddad, mas teria sido aconselhado para não enfrentar o que os seus amigos teriam dito: “é uma causa humanamente impossível de ser vencida”. Então, desistiu.

IMPRESSIONANTE O deputado federal eleito, Julien Lemos, do partido de Bolsonaro (PSL), foi o sexto mais votado em Cajazeiras, com 893 votos. Talvez, nunca tenha posto os pés por estas bandas. Julien diz que não gastou um centavo nesta eleição. Não se tem noticia quem estava pedindo votos para o mesmo e o cabo Gilberto Silva, também do PSL, eleito deputado estadual foi o 10º mais votado, com 97 votos.

MUDANÇAS Comenta-se nos bastidores que o prefeito Zé Aldemir vai fazer umas mudanças na sua equipe de governo. Já tem gente que está sem dormir, com medo de perder a sua boquinha e outros sonhando em serem os felizardos.

DE BARRIGA CHEIA O vereador Marcos Barros almoçou com o governador Ricardo Coutinho, na Granja Santana. Não saiu apenas com o bucho cheio de lagosta e camarão, mas também com a promessa de um possível apoio para sua candidatura a prefeito de Cajazeiras.

VIBRANDO A vereadora Léa Silva ficou mais alegre que criança quando recebe um algodão doce: suas contas, enquanto esteve na Casal Civil do governador Ricardo Coutinho, foram aprovadas pelo Tribunal de Contas. Mais um marco na sua vida pública.

VIA GAZETA DO ALTO PIRANHAS

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *