2019 não, 2020 sim

A COLUNA DE REUDESMAN LOPES FERREIRA

Acabei de ler em um portal que traz notícias do futebol paraibano, matéria que trata de uma fala do comandante da arbitragem, Arthur Alves, e nela ele fala que os árbitros centrais paraibanos só voltarão a apitar na 1ª Divisão do Campeonato Paraibano na temporada 2020.

Mas, estava tão bom que eu desconfiava, logo logo, lá viria eles de novo. Sou um severo crítico da arbitragem dos paraibanos e, tudo aquilo que vimos com o desaguar das investigações da Operação Cartola, apenas, referendou, para mim, o que estávamos sempre a presenciar, ou seja, o funcionamento de um esquema para beneficiar os “grandes” do nosso futebol.

Fala-se em reformulação e que temos bons árbitros, entretanto, sincera e honestamente, como homem que vive e tão bem conhece o futebol paraibano, tenho medo dos paraibanos, do apito amigo e da cor da camisa que os intimida e pressiona. Tomara que não haja um retrocesso neste brilhante trabalho de credibilidade implantado e magnificamente conduzido pela presidenta da Federação Paraibana de Futebol, Michelle Ramalho.

O Campeonato Paraibano desta temporada 2019, pelo menos até o presente momento, está exemplar para o Brasil, aqui não existe o apito amigo e as camisas, todas, são das mesmas cores. Já não tememos que em uma partida de meio ou final de semana o nosso time de coração seja prejudicado de forma proposital, isso nos dá uma tranquilidade imensa em saber que, se ganhamos é porque o nosso time jogou bem, se perdeu, não jogou nada.

Se existe mesmo e, acho que existe, a ideia de trazer os paraibanos para apitar como centrais os jogos do campeonato paraibano 2020, necessário se faz uma peneira e muito fina, para saber quem, estará pronto, bem preparado, sem ter medo das cores de qualquer camisa, pois, assim não sendo, vai voltar a funcionar o apito amigo. Como sertanejo, sempre foi flagrante em um passado não tão distante, o desrespeito de muitos árbitros com o futebol deste recanto do estado, não se conta às vezes que nossos representantes foram garfados, até mesmo em jogos realizados em suas próprias cidades.

Evidente que neste caminho, justiça se faça, tivemos também aqueles que não se rendiam à força de um clube A ou B, poucos, mas, tivemos. Michelle minha nobre amiga, olhe com muita atenção para 2020, não deixe que tudo que você construiu até o momento seja jogado água abaixo, veja quais os paraibanos terão “peito” e “coragem” para conduzir os destinos de um campeonato paraibano que hoje é referencia nacional em termos de credibilidade, e isso, não se pode perder.

Clima pesado

Apesar da boa campanha do Campinense Clube nas disputas do Campeonato Paraibano 2019 com o clube já classificado para as semifinais desta competição, a raposa vive um momento muito conturbado financeiramente e agora, seu presidente pediu uma nova eleição já que não pretende continuar no cargo. A situação financeira é caótica e salários de atletas e funcionários estão atrasados. No Treze a situação dentro das quatro linhas é que mais o preocupa, o time não se classificou para as semifinais do paraibano e luta para não ser rebaixado. Que situação triste para o futebol de Campina Grande.

Briga boa

No Grupo A, na parte de cima, o Botafogo já é o primeiro classificado para a fase seguinte, Sousa e Nacional lutam pela segunda vaga para as semifinais. Na parte de baixo, Treze e Serrano é a batalha contra a queda. No Grupo B, Atlético e Campinense já estão classificados para as semifinais, a rodada final apontará quem será o primeiro e o segundo colocado. Na parte de baixo e na luta contra a segunda divisão estão: Esporte de Patos, Perilima e CSP. Como se vê a rodada desta próxima quarta feira, 27, promete muitas emoções para torcedores de todos os clubes. Bom para o futebol paraibano que assim demonstra o quão é importante ter uma competição sem aquela roubalheira de anos anteriores.

BOLA DENTRO

Para Dirceu Marques Galvão, Dita. Que fez mais um aniversário e a quem Cajazeiras lhe deve muito pela divulgação que ele faz da terrinha em seu sete candeeiros. Parabéns meu nobre amigo, você sempre foi NOTA 10!

BOLA FORA

Para o futebol de Campina Grande. O Treze desclassificado de uma semifinal e lutando para não cair. O Campinense classificado, mas, mergulhado em uma grave crise financeira. Triste, mas, uma realidade e, 2019. NOTA 0!

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *